quarta-feira, 18 de março de 2009

O rato Renato vai ter um irmão

Esta é mais uma das histórias trabalhadas na Semana da Leitura.

O rato Renato chegou da escola mas ainda não estava cansado de brincar.
Então, este decidiu ir perguntar ao pai se queria brincar com ele mas, o pai queria ler o jornal. Foi perguntar à mãe, mas ela tinha de acabar de fazer o jantar e disse ao seu filho para ir brincar com os seus amigos.
Dirigiu-se para o lugar onde costumavam brincar, mas os seus amigos iam para casa brincar com os seus irmãos.
Como não tinha com quem brincar, foi para casa desiludido.
O pai, quando o viu assim, decidiu mostrar-lhe umas fotografias sobre o seu irmão, com quem se zangara muitas vezes.
Quando chegou a hora do jantar, o Renato disse que queria como presente de aniversário um irmão.
Os seus pais ficaram a pensar no assunto.
Certo dia, a mãe foi ao médico e ele disse para ela se alimentar bem e ao seu bebé também.
Passados alguns dias, o rato Renato ouviu a mãe a gritar e foi ver o que se passara. Era o bebé, já tinha nascido. Não era um ratinho, mas sim uma ratinha.
A partir daí, toda a família deu presentes à ratinha e ele ficou com ciúmes.
Certo dia, o Inverno chegou e o telhado caiu, pois estava cheio de neve e caiu sobre o sítio onde a ratinha estava a dormir.
O rato Renato foi salvá-la e ficaram amigos. Quando chegaram os anos do Renato, este recebeu um carro e andará com a sua irmã, mas com cuidado.
Ana Cristina